• Document: COLORIMETRIA APLICADA
  • Size: 776.22 KB
  • Uploaded: 2019-02-13 22:27:08
  • Status: Successfully converted


Some snippets from your converted document:

COLORIMETRIA APLICADA - 2016 Colorimetria aplicada a Micropigmentação – VL Estetica 2016 COLORIMETRIA APLICADA - 2016 COLORIMETRIA 2016 Colorimetria aplicada a Micropigmentação – VL Estetica 2016 COLORIMETRIA APLICADA - 2016 Essa apostila tem por objetivo esclarecer a matemática exta das cores e seu fundamento na Micropigmentação, numa linguagem simples e de fácil entendimento para profissionais que já atuam na área. Como a matemática numérica, a colorimetria é a soma das cores, considerando não apenas as que podemos ver mas também , as que possuímos na face e as que não vemos diretamente nos frascos como as cores bases dos pigmentos. CORES PRIMÁRIAS: AZUL – VERMELHO – AMARELO Assim são chamadas por não precisarem de outra cor para existir ao contrário das cores secundárias que dependem da mistura de duas primárias. AZUL O – UMA (01) Molécula Grande, de alta densidade e baixa luminosidade VERMELHO OO – DUAS (02) Moléculas Médias, de densidade e luminosidade médias AMARELO OOO – TRES (03) Moléculas Pequenas, de baixa densidade e alta luminosidade OBS.: As bolinhas que aparecem antes da descrição das cores reproduzem, imaginariamente o tamanho de cada cor. Colorimetria aplicada a Micropigmentação – VL Estetica 2016 COLORIMETRIA APLICADA - 2016 COLORIMETRIA APLICADA À MICROPIGMENTAÇÃO A colorimetria é a soma das cores, levando em consideração não apenas as cores que conseguimos ver, mas também a cor da face e as cores que não conseguimos ver diretamente nos pigmentos. É importante conhecer as bases dos pigmentos utilizados na Micropigmentação para facilitar a escolha correta do tom desejado. CORES PRIMÁRIAS: Vermelho Amarelo Azul Assim são chamadas por não precisarem de outra cor para existir ao contrário das cores secundárias que dependem da mistura de duas primárias. Cada cor tem o seu tamanho molecular, como vemos abaixo: Azul: 01 molécula grande, de alta densidade e baixa luminosidade. Vermelho: 02 moléculas médias, de densidade e luminosidade médias. Amarelo: 03 moléculas pequenas, de baixa densidade e alta luminosidade. A cor azul possui peso molecular maior que qualquer outra cor, sua molécula é densa e desprovida de luminosidade. Em qualquer mistura que contenha a cor azul, essa sempre se sobressairá das outras cores. O azul está presente em todos os lábios seja em maior ou menor intensidade. A cor vermelha possui peso molecular médio assim como luminosidade também e está presente na maioria das sobrancelhas de pessoas de sub tom de pele ou melanina quente. O amarelo é a cor que dá luminosidade aos trabalhos, com ela podemos clarear cores que tenham ficado escuras, fazer alterações de cores cinza claros ou dar um tom de dourado em sobrancelhas de pessoas de sub tom frio e cabelos claros. Colorimetria aplicada a Micropigmentação – VL Estetica 2016 COLORIMETRIA APLICADA - 2016 CORES SECUNDÁRIAS: Laranja Roxo Verde Assim são chamadas por se originarem da mistura de duas cores primárias. Elas precisam ser misturadas para existir. Mistura de azul com amarelo = verde Mistura de azul com vermelho = roxo Mistura de vermelho com amarelo = laranja Com a mistura das três cores primárias (Azul, Vermelho e Amarelo) teremos a cor da neutralidade - marrom. Podemos com as cores primárias clarear ou escurecer o marrom criando assim várias nuances. Colorimetria aplicada a Micropigmentação – VL Estetica 2016 COLORIMETRIA APLICADA - 2016 ESTRELA DE OSWALD Ela é a representação mais clara do funcionamento das cores. No pico, está o azul que é a cor mais forte entre todas. No sentido anti-horário, pulamos o roxo e vemos o vermelho. Unindo o azul com o vermelho, temos a cor roxa. Agora vamos para o vermelho e pulamos o laranja. Na união do vermelho com o amarelo temos a cor laranja. E unindo o amarelo com o azul, temos o verde. Para não nos esquecermos de como se neutralizam as cores, basta traçarmos algumas linhas imaginárias. Colorimetria aplicada a Micropigmentação – VL Estetica 2016 COLORIMETRIA APLICADA - 2016 Se traçarmos uma linha que sai da ponta do azul e seguirmos até a ponta do laranja, teremos as cores que se neutralizam, ou seja o azul neutraliza o laranja e vice versa. Um traço imaginário que sai da ponta da cor roxa e segue até a ponta da cor amarela, nos mostra que, o roxo neutraliza o amarelo e vice versa. Assim acontece com a cor vermelha em direção ao verde. O vermelho vai neutralizar o verde e vice versa. Ao traçarmos uma linha bem no meio da estrela de Oswald, teremos: Metade acima: Cores frias – tons de Azul, Verde e Roxo e assim são classificadas por possuírem maior quantidade de moléculas da cor azul. As cores frias são as que nos lembram inverno, tristeza e frio, são cores sem luminosidade e de alta densidade. Metade abaixo: Cores quentes - são o Vermelho, Amarelo e Laranja e assi

Recently converted files (publicly available):